Logo da Revista Eletrônica Materializando Conhecimentos.

Projeto Construindo um Olhar Científico Sobre o Mundo

" A sociedade do conhecimento é uma sociedade aprendente,
que com a vida,
se flexibiliza, se adapta, instaura redes de relações e cria.
Educar é fazer experiências de aprendizagens pessoal e coletiva."
(Leonardo Boff)

A Revista Eletrônica Materializando Conhecimentos nasceu de um projeto intitulado “Produção e Apresentação Científicas” que surgiu no intuito de dispor aos alunos da 3ª série do Ensino Médio, a oportunidade de vivenciarem momentos, dispostos ao longo do ano, de aprofundamento e enriquecimento em nível cognitivo para além da sala de aula. Tal proposição encontrou respaldo, em especial, no corpo docente da área de Ciências Humanas e das Ciências da Natureza do Colégio Mãe de Deus, a partir da preocupação destes em proporcionar aos alunos da 3ª série, uma alternativa mais adaptada ao seu perfil estudantil (faixa etária) no que tange à expressão de seu conhecimento, para que vivenciem um espaço interdisciplinar de produção e exposição do produzido, em nível de conhecimento, num formato de elaboração de um Artigo Científico.

Hoje, 2012, o projeto assumindo o enfoque do conhecimento na abrangência do saber científico, passou a chamar-se: Construindo um olhar científico sobre o mundo, sob a orientação especificamente das Ciências Humanas.

O jovem é sedento de, a partir da sua lógica, expor o seu pensamento sobre as coisas, o mundo e sobre si mesmo. O que este projeto visa é normatizar e sistematizar essas reflexões, que são inerentes a esta faixa etária, transformando-as em elaborações científicas. Não há lugar mais apropriado que a escola para se “dar à luz” a novos conhecimentos, pois o que buscamos como escola, nada mais é o que, espontaneamente, já faz parte da busca de todo o jovem, existencialmente, imbricado neste universo: expressar através da palavra o seu olhar sobre o mundo.

Anualmente, a escola retoma suas práticas sempre com o objetivo de responder aos desafios educacionais dos novos tempos, como espaço de construção e disseminação do saber, preparando pessoas que compreendam o mundo em que vivem e possam conviver nele de maneira ética, responsável e transformadora.

As diretrizes atuais da educação preconizam a construção de uma visibilidade cognitiva calcada em bases científicas, tecnológicas e éticas, cujo campo de experimentação assenta-se num princípio lógico baseado na combinação sistêmica da tríade conceito, aplicação e solução de problemas concretos.

A simbiose das visões epistemológica, humanista e tecnológica possibilita este pensar pedagógico, através da estruturação do ensino por área de conhecimento combinados com referenciais inter e transdisciplinares que, associados aos elementos socioculturais da realidade atual, capacitam o educando a formar senso crítico, objetividade científica e consciência cidadã, qualidades importantes numa sociedade conhecidamente tecnológica.

Aliado a esta forma de pensar a educação e diante da complexidade e pluralidade do mundo em que vivemos, cada vez mais, torna-se necessário o fortalecimento de uma educação que priorize o desenvolvimento humano em todas as suas dimensões, por isso, o nascedouro deste projeto está firmado no sonho de fazer acontecer uma escola diferente, alimentada na esperança, na ousadia e na coragem de um aprendizado constante, pois acredita-se no ser humano e em suas infinitas possibilidades de crescimento, inovação e mudança.

O eixo metodológico desenvolvido no projeto pretende superar a fragmentação dos saberes, estabelecendo a necessária conexão entre os conhecimentos, abordando-os de forma multidimensional na contínua inter relação reflexiva e crítica.

Através do estímulo à pesquisa, enfatiza-se o desenvolvimento de habilidades que favoreçam as práticas de iniciação científica, tornando a escola um centro de busca pelo saber e formação para a pesquisa como intervenção social e para práticas solidárias.

Bárbara Maix também nos ensinou que é possível mensurar os sonhos dos inúmeros seres humanos espalhados pelo planeta através de suas realizações, seja na forma de imagens, de poemas, de gestos de bondade ou de contos que retratam a mais pura realidade ou fantasia; enfim, da maneira mais objetiva até a mais inusitada forma de expressão, o que prevalece é a necessidade de comunicar-se no mundo. E sabendo disso, “Mostremos com exemplos aquilo que com palavras ensinamos" (MAIX, 1872).

Essa busca dar-se-á de na dinâmica cotidiana de sala de aula de modo a "ensinar aprendendo, investigando e abrindo caminhos; aprender refletindo, teorizando, transformando a prática”, num diálogo criativo, respeitando as diferenças e compartilhando esforços, sonhos e experiências.

OBJETIVOS

  • Compreender a pesquisa como princípio pedagógico, possibilitando que o estudante possa ser protagonista na investigação e na busca de respostas em um processo autônomo de (re)construção de conhecimentos.
  • Estabelecer a articulação entre o trabalho, a ciência, a cultura e a tecnologia na construção do conhecimento; Efetivar a consolidação dos conhecimentos e a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática, na ação educativa;
  • Vivenciar momentos sistemáticos de inter-relação de conhecimentos, oportunizando espaços de criação, pesquisa e cientificidade.

Portanto, como forma de dar visibilidade ao material elaborado, foram reunidos e selecionados os artigos científicos produzidos pelos educandos, envolvidos no projeto e publicados nesta revista eletrônica, disponibilizando, dessa forma, o saber construído por eles para o mundo através da internet.